Profanações Dança

Em 2010, um “ning” foi criado para reunir colegas em torno da criação, quando falamos de copyleft, spam, apropriações, profanações, como afirma Agamben.

Embora a rede “ning”tenha sido desativada, resta dela alguns apontamentos e vídeos da experiência do Curso Spam, realizado no Centro Cultural São Paulo, de março a julho de 2011, cujo objetivo era refletir sobre e propor;

” a criação em dança contemporânea a partir de instruções do conjunto de táticas do Profanações Dança, projeto artístico em colaboração criado em 2010 para debater as formas de ‘profanar’ segundo o autor Giorgio Agamben. Profanar para deslocar padrões já estabelecidos e spam porque a atividade se propõe a ser um laboratório de diálogos. É um curso e um ensaio para a criação”

Veja como foi, vídeo produzido no final do curso.

Leia o texto produzido para conversa realizado no CCSP para reflexões da Curadoria educativa sobre editais da instituição nomeada de

ENCONTRO INTERDISCIPLINAR
A VOCAÇÃO EDUCATIVA DO CENTRO CULTURAL SÃO PAULO

com participação de Nirvana Marinho.