Cartografia de ficções

O Cartografia de ficções é um projeto de história da dança criado e realizado juntamente com Bruna Antonelli, colega e parceira.

Nesses tais anos, cada uma em seu caminho e por seu motivo e com seus autores, percebemos que a história da dança ainda é estudada, portanto compreendida, como uma trajetória linear onde há precursores e avant-garde, o antes e o depois. No entanto, também percebemos, e atu- amos, de modo que as relações e referências se cruzassem no tempo, re-encenando (reenacting) a si mesmas de outra formas. Isso acontece quando nos identificamos com o artista, a dança, o fato histórico, que deixa de ser “da história” e passa a pertencer a “mim”. Causa-nos reconheci- mento, afetividade, pertencimento, sob qualquer forma possível.

A pergunta “de onde vem” atravessa e leva, mesmo o mais estudioso, ao tesão do lugar desco- nhecido.
Assim nasce as Cartografias de ficções – “lose yourself to dance”, como um espaço de estudo das histórias da dança mapeado a partir da prática, diria performativa, do estudo. O que nos interessa é que um artista nos leve a outro, a outro, até ao que não conheço, e continua, a outro, e outro, criando mapas, caminhos, mapas sobre mapas movéis. Mapas que podem aproximar o Equador dos Estados Unidos, a Rússia da Argentina, e parte do Brasil a outros partes do Brasil. No nosso caso, torna Lisboa e São Paulo, um pulo.

Conheça lá

E então

Desde últimos ensaios cartográficos:
– Bruna Antonelli mudou-se para Lisboa e foi uma grande inspiração para este projeto que ganhou novas asas.
– Em 2014, cria-se o Projeto Vizinhos, hoje Ação Vizinhas, que agrega o Cartografia de ficções no coletivo de ações culturais sobre acervo e história, juntamente com Acervo Recordança, Acervo Mariposa e Temas de Dança.
– Em maio e junho/2015, aconteceu o curso “Transitar pela história da dança”, no SESC Consolação
– 14 e 15 de julho/2016, no Centro de Pesquisa e Formação (CPF) do SESCP, aconteceu o curso “Acervos de dança e suas cartografias, históricas e afetivas” 

Em 2017, elabora-se o projeto de pesquisa “O corpo arquivo como metodologia para cartografar, sob olhar warburguiano, a história das artes da cena”, a ser desenvolvido.

Participe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close